Moção de Saudação ao 1º de Maio

 

int

Neste 1º de Maio assinalamos os 131 anos dos acontecimentos de Chicago, uma acção pela redução da jornada de trabalho para as 8 horas e que foi violentamente reprimida pela polícia, com o assassinato de vários trabalhadores e a condenação à morte de dirigentes sindicais. Assim nasceu o Dia Internacional do Trabalhador.

Em Portugal este 1º de Maio de 2017 tem um significado especial. Estamos no tempo de valorizar o trabalho e quem trabalha, combater o desemprego, a precariedade e os baixos salários.

Estamos no tempo de reverter os ataques aos direitos dos trabalhadores, a brutal diminuição do número de trabalhadores abrangidos pela contratação coletiva (de 1.274.032 trabalhadores em 2010 para apenas 194.538 trabalhadores em 2013), os cortes nos salários e a estagnação das carreiras introduzidas pelas políticas da troika CE, BCE e FMI.

É hora de repor condições de trabalho dignas, combater o trabalho precário e conquistar direitos sociais e laborais. É hora de conseguir as 35 horas por semana para quem trabalha. É hora de dinamizar a contratação coletiva.

Assim, a Assembleia de Freguesia de Canidelo, reunida em sessão Ordinária, no dia 27 de Abril de 2017, delibera: 

– Saudar o 1.º de Maio que se aproxima, em nome do futuro que começámos a construir em Abril. O Dia Mundial do Trabalhador será assinalado por jornadas de luta de Norte a Sul para exigir maior recuperação de salários e pensões e o fim da austeridade, enfrentando as imposições da Comissão Europeia, do BCE e do FMI.

gageiro1

 

                                                                     A representante do Bloco de Esquerda

                                                                                 Maria João