Encontre aqui a informação sobre as candidaturas aos diversos órgãos autárquicos do Concelho.

Mandatário

Nelson Silva

Breve nota biográfica sobre a atividade política e sindical:

Licenciado em Produção e Tecnologias da Música pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo em 2003.

Foi formador em projetos de intervenção social nos bairros do Lagarteiro, Cerco e João de Deus, no ano de 2003. Em 2004 participa também, como formador, no projeto Porto Feliz.

Iniciou o seu ativismo laboral em 2007, ano em que lutou pelo fim da precariedade na RTP Porto para um grupo 23 trabalhadores, do qual também fazia parte. Esta luta durou quase um ano e, apesar de terem sido retaliados ao lhes ser retirado o trabalho, não desistiram e conseguiram a integração.

Em 2008 efetiva na RTP e algum tempo depois sindicaliza-se no STT (Sindicato  dos Trabalhadores das Telecomunicações e Comunicação Audiovisual), onde é eleito delegado. A sua principal luta enquanto delegado é o fim da precariedade. 

Na sequência da sua actividade laboral dentro da empresa RTP é convidado, em 2015, para fazer parte da lista candidata à eleição para a Sub Comissão de Trabalhadores do Porto, cargo para o qual é eleito, tendo cumprido um mandato.

Em 2017, apresenta-se outra vez na primeira linha pelo fim da precariedade na RTP. Ajudou os trabalhadores precários na luta pela integração, no âmbito do processo PREVPAP, em especial pelo reconhecimento dos vínculos precários dos trabalhadores em regime de falso outsourcing.

Inscreve-se no Bloco de Esquerda em 2019, onde milita de forma ativa, dedicando-se em particular às causas de defesa dos direitos laborais. Neste mesmo ano integra o secretariado da Coordenadora Nacional do Trabalho do BE, onde participa de forma ativa na organização de vários debates laborais.

No final do ano de 2019 é convidado a integrar uma lista para a Comissão de Trabalhadores da RTP. É eleito coordenador dessa comissão, cargo que ainda exerce. 

Em 2020 é eleito para o Conselho Nacional da central sindical  CGTP-IN, para o mandato de 2020 a 2024, onde tem lutado pela pluralidade e democracia interna como forma de representação efetiva dos trabalhadores.

Muda de sindicato no final 2020, passando a delegado do SINTTAV (Sindicato Nacional da Telecomunicações e Audiovisuais), sindicato onde continua o trabalho pelo fim da precariedade e o avanço nos direitos laborais.

Em 2021 é convidado a integrar o grupo de coordenação da organização TUNE, Trade Unionist Network Europe.

É sócio da Associação Práxis – Trabalho e Sindicalismo, associação dedicada à reflexão sobre a causa laboral e sindical, tentando contribuir com um pensamento crítico para o melhoramento das condições laborais em Portugal e na Europa.

Assembleia Municipal

Nota biográfica da cabeça de lista:

Luísa Maria Porto Ferreira da Silva nasceu no ano de 1951, em Vila Nova de Gaia, onde reside até aos dias de hoje.

É diplomada em Serviço Social e em Sociologia, e doutorada em Sociologia pelo ICBAS – Universidade do Porto (equivalência a Doutoramento em Sociologia da École des Hautes Études en Sciences Sociales). Fez Agregação em Sociologia da Saúde no ISCSP – Universidade de Lisboa.

O seu percurso de vida profissional foi quase todo feito no Porto, como técnica superior de Trabalho Social no Hospital Magalhães de Lemos, Delegada no Norte da Comissão para os Direitos das Mulheres, professora no Instituto Superior de Serviço Social do Porto e professora e investigadora de Sociologia na Universidade Aberta. Excetuam-se dois anos de estudos na década de oitenta em que residiu em Paris; e os cinco últimos anos anteriores à aposentação (2012) nos quais foi professora e investigadora na Universidade de Lisboa.

É autora de diversos livros e artigos científicos de sociologia, particularmente nos temas sociais da saúde, das desigualdades sociais, da cultura e da intervenção social.

Integra o Bloco de Esquerda desde a sua criação sendo membro da Comissão Coordenadora Concelhia de Vila Nova de Gaia e da Comissão Coordenadora Distrital do Porto.

Luísa Maria Porto Ferreira da Silva

João Emanuel de Gouveia Martins

Beatriz Lima Vieira

Nelson de Jesus Martins da Silva

Nuno Miguel Barbosa Almeida e Silva

Joana Nobre Macedo Ferreira Leite

Paulo Jorge Sousa Guimarães

Paula Maria Militão de Lemos Valentim

José Rafael Brito Tormenta

José Carlos da Costa Cardoso

Amarílis Vaz Felizes

Tiago José Novais Matos

Maria da Assunção Martins Nogueira 

Ricardo Fernando Esperança Dias

Cláudia Sofia Alves Braga

Helder João Dias Sousa

Maria Helena Monteiro Pereira Torcato David

Vítor Manuel de Oliveira Barros

Maria João de Matos Rodrigues Macedo

Raúl de Medina Prata Pinheiro

Lurdes Maria da Silva Gomes

Fernando Artur Moura Macedo

Margarida Júlia Poças Madeira

Domicília Maria Correia da Costa

Carlos Eduardo Macedo Baptista da Silva Roque

Ana Luísa Paço Gonçalves

Maurício César Salgado Pacheco

Filomena da Conceição Sousa Cirne

Francisco José Sousa Teixeira

Ana Rita Rodrigues Cardoso

Paulo Jorge Coutinho Ribeiro

Cláudia Filipa Costa Gomes

Francisco Diogo Moreira Alves

Suplentes:

Victor Manuel de Oliveira Aires Crespo

Carla Cristina Teixeira de Almeida

Alberto de Sousa e Silva

Luísa Silva Gomes

Gonçalo Machado Cardoso

Inês Ribas Ferreira Dias

Rafael Moreira Baptista

Vânia Alice de Sousa Leite

André Filipe Oliveira Americano Henriques

Catarina Joana Monteiro Ferreira

Nuno Filipe Alexandre Henriques

Câmara Municipal

Breve nota biográfica sobre a actividade política e associativa do cabeça de lista:

Renato Soeiro iniciou a sua actividade associativa na AJCM – Associação da Juventude de Cabo Mor, em Vila Nova de Gaia, nos anos 60.

Foi membro da direcção da Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, eleito pela primeira vez em 1971, no que foi a primeira direcção associativa da Academia do Porto conotada com uma linha política situada mais à esquerda, hoje corporizada no Bloco de Esquerda. Nos anos seguintes foi reeleito para as mesmas funções.
Foi nesses anos também sócio activo e director do TUP – Teatro Universitário do Porto.

Em 1973 foi alvo de quatro processos judiciais individuais e um processo colectivo, acusado, julgado e condenado por afixar cartazes, distribuir panfletos, participar em reuniões e pronunciar discursos, tudo actividades consideradas pelo fascismo como ilegais e de conteúdo subversivo. Foi também expulso da Universidade pelas mesmas razões e proibido de frequentar qualquer estabelecimento de ensino superior em Portugal e nas colónias.

Impedido de frequentar a Universidade, dedicou-se ao trabalho local. Inscreveu-se como sócio da Tuna Musical de Santa Marinha, tendo trabalhado na Secção Cultural: Boletim e Grupo de Teatro.
Foi também sócio dos Mareantes do Rio Douro.

Com o 25 de Abril regressou à Universidade, tendo sido sucessivamente eleito, até concluir o curso, em 1977, para a direcção da Associação dos Estudantes da Faculdade de Engenharia da U. Porto.

Em 1974, fundou o CALP – Centro de Apoio às Lutas Populares de Vila Nova de Gaia, com sede na rua Cândido dos Reis, 322 desta cidade, tendo sido dirigente e dinamizador desta organização.

É membro fundador da UDP – União Democrática Popular, partido criado em 1974, onde exerceu várias funções, desde a estrutura estudantil à Direcção Nacional e às estruturas locais. Foi militante de uma das organizações políticas que deram origem à UDP (CARP m-l), bem como das organizações que se lhe seguiram no processo de sucessivas fusões então realizado.

Foi activista dos GDUP – Grupos Dinamizadores de Unidade Popular e do MUP – Movimento de Unidade Popular, organizações criadas na sequência da candidatura presidencial de Otelo Saraiva de Carvalho, em 1976.

Foi sócio e director da Gesto – Cooperativa Cultural.

Na sequência do empenho na campanha de Maria de Lurdes Pintasilgo nas eleições presidenciais de 1986, colaborou na fundação da APRIL – Associação Política Regional e de Intervenção Local, a cuja Direcção pertenceu em vários mandatos.

É sócio da Associação 25 de Abril, tendo sido vários anos membro da Direcção da Delegação para a região Norte da A25A.

Foi sócio fundador e membro da primeira direcção da AEC-FEUP Associação dos Antigos Alunos de Engenharia Civil da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Participou, em 1999, nos trabalhos de fundação do Bloco de Esquerda, partido onde tem exercido várias funções: foi membro da Mesa Nacional, da Comissão de Direitos, do Departamento Internacional, da Coordenadora Distrital do Porto e é hoje membro da Comissão Coordenadora Concelhia de Vila Nova de Gaia.

Entre 2004 e 2007 foi coordenador europeu da EACL – European AntiCapitalist Left, uma rede de partidos de esquerda revolucionária da Europa. Nestes anos participou também, em representação do Bloco de Esquerda, no NELF – New European Left Forum.

Entre 2004 e 2015, foi membro do secretariado político do GUE/NGL (Esquerda Unitária Europeia / Esquerda Nórdica Verde – hoje “The Left”) no Parlamento Europeu, grupo a que pertencem o Bloco de Esquerda e o PCP. 

Entre 2004 e 2009 exerceu funções numa Comissão do Parlamento Europeu como responsável do staff do grupo parlamentar europeu pelas áreas da Cultura, Educação, Juventude, Desporto e Media. 

Entre 2009 e 2015 foi responsável pelas áreas da Investigação e Inovação, Telecomunicações e Internet.

Foi, durante mais de uma década, e até ao congresso de Dezembro de 2016, membro da Comissão Executiva do partido da Esquerda Europeia, um partido europeu com 42 partidos nacionais em que participa o Bloco de Esquerda. Representou a Esquerda Europeia, o GUE/NGL e o Bloco de Esquerda em reuniões internacionais, fóruns sociais mundiais e europeus e em congressos realizados em países de vários continentes.

Foi cabeça de lista do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Gaia nas eleições autárquicas de 2017 e é novamente em 2021.

É Engenheiro Civil (opção de Planeamento Regional e Urbano) pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e frequentou (sem concluir) o curso de Filosofia na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Renato Manuel Cordeiro de Moura Soeiro

Paulo José Gomes Mouta

Maria Helena Monteiro Pereira Torcato David

Maria João de Matos Rodrigues Macedo

Alberto de Sousa e Silva

Alda Maria Botelho Correia de Sousa

Fernando Artur Moura Macedo

Paula Maria Militão de Lemos Valentim

José Carlos da Costa Cardoso

Carla Cristina Teixeira de Almeida

Victor Manuel de Oliveira Aires Crespo

Beatriz Lima Vieira

Raúl de Medina Prata Pinheiro

Luísa Silva Gomes

Liliana Maria de Almeida Esteves

Fernando Pinto Lacerda

Canelas

Breve nota biográfica do cabeça de lista:

José Carlos da Costa Cardoso nasceu a 11 de junho do ano de 1970. Natural da freguesia de Alvarenga, concelho de Arouca, reside em Vila Nova de Gaia desde 1987 e na Vila de Canelas desde 1998 até à atualidade.

Atualmente é técnico de vendas com uma formação profissional em Marketing, Comunicação e Relações-Públicas pelo Centro de Formação Profissional do CESNORTE.

Foi Delegado Sindical do CESNORTE de 1998 até 2005.

Recentemente, ingressou no ensino superior para estudar Marketing no ISCAP – Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto.

Colaborou com a produção do evento “Feira medieval de Canelas” como membro da associação de pais

Fez parte da direção do Clube Futebol Canelas 2010, na época 2015/2016, não sem antes ter apoiado à data, a Sporjuve-formação do C.F Canelas 2010.

Fez parte da lista candidata à Assembleia de Freguesia de Canelas em 2017

É membro da Coordenadora Concelhia de Vila Nova de Gaia.

José Carlos da Costa Cardoso

Francisco José Sousa Teixeira

Liliana Maria Almeida Esteves

Pedro Manuel Poças Dias Flores

António Luís Ferreira Pinto

Isaura Rosa Franco Dias Teixeira

Gonçalo Machado Cardoso

Maria da Glória Machado Pinto

Mónica Soares Teixeira

Carlos Alberto Gonçalves da Rocha

Vitor Miguel Gonçalves Ferreira

Floriana Agostinha Ribeiro de Almeida Esteves

Laura Margarida S. Barros Flores

João Miguel Pereira da Silva

Carina da Conceição Alves Rodrigues

Hélder Manuel Gonçalves da Silva

Ricardo Manuel Soares Ferreira Pinto

Paula Cristina Machado Oliveira

Avintes

Breve nota biográfica do cabeça de lista:

Hélder João Dias Sousa nasceu em junho de 2003 em Vila Nova de Gaia e reside em Avintes desde então.

O seu interesse em atividades teatrais levou-o, em 2015, a integrar umas férias teatrais no Grupo Dramático Os Plebeus Avintenses, coletividade onde ainda hoje faz teatro.

Em 2021, juntamente com outros jovens, decidiu integrar um projeto denominado Avintes Solidária que tinha como principal objetivo o combate à pobreza e à exclusão social onde eram distribuídos cabazes por famílias carenciadas.

É ativista ambiental, tendo colaborado na organização de diversos eventos da Greve Climática Estudantil do Porto.

Terminou recentemente o ensino secundário na área de Humanidades.


Hélder Sousa

Ana Silva

Hélder Costa

Inês Vidal

Paulo Guimarães

Sónia Sucena

Rúben Cesário

Daniela Barros

Ivan Machado

Indira Barros

Manuel Santos

Nilda Barros

Manuel Macedo

Djalice Barros

Ana Cardoso

Joaquim Oliveira

Joana Andrade

Madalena Mascarenhas

Arcozelo

Breve nota biográfica do cabeça de lista:

Nuno Miguel silva nasceu no ano de 1990, no Porto.

Desde cedo mostrou interesse pela cultura, desempenhando diversas personagens em várias peças de teatro e em peças musicais.

No Ensino Superior, pertenceu à Associação de Estudantes da ESSVA, onde foi representante dos estudantes através do Núcleo de Farmácia.

Concluiu a Licenciatura em Farmácia, pela Escola Superior de Saúde de Vale do Ave em 2013, e mais tarde, concluiu o Mestrado em Cuidados Paliativos na FMUP – Faculdade de Medicina Universidade do Porto.

Assim que concluiu a sua Licenciatura, fez um estágio de 9 meses em regime de voluntariado no CHUP – Centro Hospitalar Universitário do Porto, onde foi contratado posteriormente para exercer a sua profissão de TSDT (Técnico Superior de Diagnóstico e Terapêutica) nos Serviços Farmacêuticos do CHUP.

Aderiu ao Bloco de Esquerda em 2017, com o intuito de apoiar e a lutar pelos seus ideais. tornou-se um ativista recorrente em todas as áreas defendidas pelo partido.

Em outubro de 2020 foi eleito como delegado sindical representativo do STSS, Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica.

Nuno Miguel Silva

Luísa Ferreira da Silva

Maurício Pacheco

Elvira Oliveira

Manuel Ferreira da Silva

Helena Durães

Ruben Dias

Daniela Ferreira

Filipe Duarte

Soraia Queirós

Adriano Costa

Catarina Lacerda

Júlio Castro

Filipa Eça

Sandra Pinto

Igor Emanuel

Assunção Nogueira

Catarina Machado

Mafamude e Vilar do Paraíso

Paula Maria Militão de Lemos Valentim

Carlos Eduardo Roque

Beatriz Lima Vieira

Victor Manuel Crespo

Catarina Joana Ferreira

Manuel Jorge Pires

Maria Adelaide Côrte

Miguel Ângelo Bidarra

Luísa Silva Gomes

Nelson Silva

Lurdes Maria Gomes

Miguel Afonso Rosa

Amarílis Vaz Felizes

Nuno Filipe Henriques

Vânia Alice Leite

Miguel Ângelo Cardoso

Inês Ribas Dias

Luís Miguel Santos

Sofia Manuel Silva

Jorge Floriano Valentim

Maria Marisa Felizes

Paulo Nuno Santos

Filipa Alexandra Silva

Manuel Augusto Mota

Cátia da Silva

Alda Maria Sousa

Ana Isabel Costa

Isabel Maria Pereira

Vilar de Andorinho

Ricardo Fernando Esperança Dias

Ana Rita Cardoso

André Filipe Henriques

José Luís Jardim

Leonor Carvalho Garcez

Artur Barbosa Faria

Isabel Patricia Carvalho

Henrique Ferreira dos Santos

Ana Sofia Fernandes

Abel Maria Ribeiro

Cláudia Daniela Dias

Pedro José Bento

Ana Filipa Murta

Nuno Miguel Barbosa Lopes

Inês Barbosa Lopes

Pedro Daniel Ferreira

Graça Paula Alves

João Carlos Ferreira Alves

Oliveira do Douro

Vitor Barros

Paulo Ribeiro

Ana Maria

Fernando Nogueira

Domicilia Costa

António Amaral

Raúl Medina

Sofia Raposo

Carla Almeida

Francisco Rocha

Marisa Arantes

Carlos Rocha

Anabela Barros

Maria João Vieira

Mafalda Barros

Pedro Marques

Carla Coelho

Beatriz Morais

Gulpilhares e Valadares

Margarida Júlia Poças Moreira

Sara Andreia de Jesus Videira

Renato Manuel Cordeiro de Moura Soeiro

Joana Margarida Moreira Pinto Sousa

Denise Manuela Pedrosa Miranda

José Maria Franco Teixeira Neto

Filomena da Conceição de Sousa Cirne

Marta Mafalda Monteiro da Rocha

Luís Manuel Mota de Castro

Elisabete Maria Costa Magalhães

Sérgio Rubén Fernandes Costa

Dilia Maria Poças Moreira Rodrigues

Thiago Miranda França

Rita Maria Vasconcelos da Costa Magalhães

Tiago Poças Rodrigues

Maria da Conceição Martins Bernardino

Aníbal de Magalhães

Alcino Castro Moreira

Santa Marinha e São Pedro da Afurada

Cláudia Sofia Alves Braga

Francisco Diogo Moreira Alves

Susana Patrícia da Silva Cunha

Fernando Artur Moura Macedo

Cristiana Vanessa Marques Faria

Alberto de Sousa e Silva

Ana Júlia Pinto Ferreira

Júlio César Peixoto Silva

Maria João da Rocha Marques

Moisés Correia Pinto

Sandra Isabel Valente Antunes

Pedro Miguel Pereira da Costa

Ana Sofia Melo Monteiro

Luís Daniel Nunes Silva

Anabela Teixeira Pinto 

Bruno Miguel Prata Rainha

Sónia Cristina Vieira dos Santos

Rui Jorge Perdigão Campos

Susana Maria Matos Leite Reis Monteiro

Vasco Manuel Nogueira Vaz Pinto

Raquel Sofia de Almeida Gomes

António Artur Castro Vieira Cardoso

Rosa Maria Teixeira Pinto Silva

Pedro Filipe Teixeira Correia

Ana Isabel Rodrigues Oliveira

Maria Susana Pereira dos Santos Pinto

Canidelo

Paulo José Gomes Mouta

Tiago José Novais Matos

Tatiana Pinho Reis

João Emanuel de Gouveia Martins

Mónica Susana Moreira Martins Bastos

Rafael Moreira Batista

Eva de Afonso Lacerda

Bruno Miguel Parada Gonçalves

Joana Raquel Campos Nogueira

Carlos Alberto Pereira da Silva Bastos

Maria João de Matos Rodrigues Macedo

Fernando Pinto Lacerda

Hermínia Novais Matos

Artur Ribeiro Carvalho

Mariana Benedita Lopes Silva

Francisco Marques dos Reis

Maria Adelaide dos Santos Paiva

Augusto Joaquim Pinto de Oliveira

Pedro Nuno Sâncio da Mota

Ana Helena Marques Festas 

Antonio Moreira dos Santos

João Pedro Martins Bastos

Maria da Conceição Novais Matos Carvalho

António Luís Reis Pinto

Cristina Maria Novais Matos

José Cândido Soares de Castro Moreira